04/11/14

Herzog

HerzogHerzog by Saul Bellow
My rating: 4 of 5 stars

Um livro que me deu muita luta… Agradeço-lhe por isso caro Sr. Moses E. Herzog.

Esta é a auto-análise obsessiva de um homem à procura de um rumo, um rumo que fatalmente encontra nas mulheres, um equívoco ao qual regressa sempre como se fosse um retorno ao útero materno. A tragicomédia de Herzog.

Herzog busca tranquilidade num mundo corrompido, num mundo que o encara como insano e escreve compulsivamente cartas sobre tudo e sobre nada para criar um ponto de equilíbrio e estabilidade na sua vida desmoronada. Desbrava o caminho escrevendo e no fim, saciado, regressado à origem possível, encontra, finalmente, a paz no silêncio.

“Posso não estar bom da cabeça, mas tudo me parece claro.” (P.366)

Admito que não seja fácil gostar deste livro. Talvez o tenha lido no momento certo.


View all my reviews