24/06/14

Kanikosen - O Navio dos Homens

Kanikosen - O Navio dos HomensKanikosen - O Navio dos Homens by Takiji Kobayashi
My rating: 3 of 5 stars

Na verdade, seria um 3.5*...

"Kanikosen - O Navio dos Homens" é um livro imbuído de uma forte carga política mas fiz um esforço por me abstrair dessa vertente (natural tendo em consideração as circunstâncias biográficas do autor e a realidade social do Japão da época) e concentrei-me na linha HUMANA que rege a obra e que chega até ao leitor através de um realismo impressionante.

Um pesqueiro e navio-fábrica japonês em águas territoriais russas, um capitão sem poder, um punhado de homens-escravos que trabalha sob as mais ignominiosas condições e um patrão-ditador que pune física e psicologicamente a tripulação quando a produção não é a desejada e, por fim, a revolta dos trabalhadores, são alguns dos ingredientes que apimentam esta história de brutalidade e selvajaria mas também de coragem e união.

A escrita de Takiji Kobayashi é bela na sua simplicidade, focada no objetivo único de contar uma história de resistência e dor coletiva, daí que apenas conheçamos o nome do patrão e os trabalhadores sejam simplesmente denominados como o gago, o estudante ou o antigo mineiro...

Vale a pena penetrar nas águas turvas do infernal Kamchatka (microcosmo do Japão) onde é derramado não só o sangue dos caranguejos mas também o da mártir tripulação deste kanikosen.



View all my reviews